Bacalhau com natas

Ingredientes

600 grs de bacalhau

2 cebolas médias

30g de farinha

30g de manteiga

1,5dl de leite

0,25 dl de creme de leite fresco

1 folha de louro

sal, pimenta

1/2k de batatas

 

Como fazer

Corta-se o bacalhau e coloca-se num recipiente com água de véspera, tendo o cuidado de lhe mudar a água várias vezes. Retira-se o bacalhau e leva-se a cozer em água limpa, após que se desfia.

Cortam-se as cebolas em rodelas finas e as batatas em palitos, os mais finos possível, fritando-as à parte num tacho.

Leva-se ao lume a manteiga, a que se junta a farinha, mexendo bem. Adiciona-se o leite, previamente fervido, lentamente, mexendo sempre, deixa-se cozer, continuando a mexer com uma colher de pau. Por fim, tempera-se com sal e pimenta e juntam-se as natas. Reserve

Leva-se o azeite ao lume numa frigideira, juntando em seguida a cebola e deixa-se refogar. Assim que começar a alourar, junta-se o bacalhau desfiado para que refogue um pouco.

Num tabuleiro de ir ao forno untado com manteiga deita-se este preparado, pondo uma camada de batatas por cima.

Cobre-se tudo com o creme de natas reservado e leva-se ao forno para ganhar um pouco de cor.

Cookies saudáveis

cookies saudáveis

cookies saudáveis

(desculpem a foto, fiz no meu trabalho, minha marmitinha…)
Ingredientes

1 e 1/2 xícara (chá) farinha de trigo integral

1 xícara (chá) açúcar mascavo

3/4 xícara (chá) óleo de coco (ou outro de sua preferência)

1 xic (chá) aveia

2 colheres sopa farinha de linhaça (ou mais aveia)

1 colher de sopa de biomassa de banana (pode ser substituido por meia banana prata)

1/4 xícara (chá) água

3/4 colher (chá) fermento em pó

1/2 colher (chá) sal

 

Modo de fazer
  1. Em uma bacia, misture farinha, farinha de linhaça, fermento e sal. Reserve.
  2. Bata no liquidificador a biomassa ou a banana com o óleo, água e açúcar até ficar homogêneo. Despeje aos poucos sobre os ingredientes secos, mexendo com uma colher. Adicione a aveia e seu complemento preferido (uva passa, chocolate, cranberries, coco, nuts…) e mexa até incorporar à massa.
  3. Coloque uma colher cheia de massa em tabuleiro enfarinhado ou forrado com papel manteiga e dê uma amassadinha pra massa começar a espalhar. Repita até terminar a massa, deixando espaço entre os biscoitos.
  4. Asse em forno quente pré aquecido de 10 a 12 minutos, até dourar – use a grelha de cima pra dourar por cima e não queimar o fundo.
  5. Tire do forno só quando a massa deixar de borbulhar e deixe o biscoito esfriar antes de desenformar (ele endurece apenas quando esfria). Guarde em pote fechado, em geladeira ou freezer, para maior conservação.
Frutas
  1. Coloquei um pouquinho de várias frutas juntas: passas, castanhas, damasco seco, figo seco, nozes
  2. Uma sugestão é separar a massa com sabores separados: cranberries, chocolate amargo.

Farofa de legumes

Farofa de legumes

Farofa de legumes

Ideal para acompanhar carnes e aves, em assados e churrascos. Não existe uma medida exata dos ingredientes, basta bom senso, tamanho da fome e quantidade de comensais!

Ingredientes

Bacon em pedaços

Alho e cebola picados

Ovos

Linguicinha fina

Ervilhas congeladas

Cenoura ralada

Azeitonas picadas

Farofa Yok pronta ou farinha de mandioca ( usei a pronta)

Modo de preparo:

Em uma frigideira frite primeiro o bacon e a linguicinha picada, depois junte os alhos picados e a cebola. Deixe dar uma corada e junte a cenoura. Deixe cozinhar um pouquinho para que não fique muito crua. Acrescente os ovos batidos e mexa suavemente. Por último junte as azeitonas, as ervilhas e a farinha. Se ficar muito seca junte um pouquinho de azeite. Acerte o sal, a pimenta do reino e polvilhe com salsinha.

Tilápia com purê de batata doce

Esta receita peguei no site do programa da Angélica na Globo. Ficou uma delicia. A tilápia entrou pra minha lista dos peixes preferidos, carne super branca, gosto delicado e sem espinhas.

A única alteração que fiz foi colocar um pouquinho de sal no purê e diminuir a quantidade de água dele. Uma batata média deu para 3 refeições e 1 ovo foi o suficiente para empanar 1k de peixe. Vamos lá:

tilapia com batata doce

tilápia com batata doce

INGREDIENTES

2 filés de tilápia
1 limão
2 ovos
300g de batata doce
300g de tomate pêra
1 cebola grande
1 punhado de manjericão
200ml de água
2 dentes de alho
1 raminho de tomilho
Fubá
Sal a gosto
Pimenta a gosto
Azeite a gosto
Alecrim a gosto
Manteiga

MODO DE PREPARO

Passo a passo dos filés de tilápia

Tempere os filés com limão, azeite, sal e alecrim.
Passe os filés nos ovos batidos e, em seguida, no fubá para empanar.
Coloque o azeite de oliva na frigideira e doure os filés de peixe.

Passo a passo do purê de batata

Numa outra panela, cozinhe a batata doce, com casca.
Descasque a batata doce e a amasse com um garfo.
Numa panela, coloque manteiga e refogue a cebola.
Coloque a batata doce amassada e acrescente manjericão picado e a água.

Passo a passo do confit de tomate com tomilho

Corte os tomates.
Corte os dentes de alho em finas fatias e frite
Refogue os tomates no azeite de oliva e o alho cortado, sem deixar desmanchar.
Acrescente tomilho a gosto.

Sirva como está na foto.

Rosquinha de bananas

rosquinhaIdeal para aproveitar aquelas bananas que estão muito maduras. A receita pede 4 bananas, mas como as que eu tinha eram meio pequenas e não ia deixar perder, coloquei umas 7….deu certo! Vamos lá! Comece amassando as bananas com um garfo. Veja os ingredientes:

4 bananas amassadas

3 xícaras de farinha de trigo

1/2 xícara de açúcar mascavo

1 colher (sobremesa) de margarina

1 colher (chá ) de fermento em pó

1 pitada de sal

1 ovo

1/2 xícara de amido de milho

1/2 xícara de farinha de trigo integral

Misture tudo com as mãos. Faça rosquinhas e frite em óleo quente, escorrendo em papel absorvente. Passe no açúcar refinado misturado com canela em pó.

Bolinho de bacalhau

bacalhau

200 grs de bacalhau desfiado (sem sal)
1 colher de azeite
1 dente de alho
½ cebola picadinha
cheiro verde
2 batatas cozidas e amassadas
1 ovo
farinha de rosca

Para retirar o sal , deixe o bacalhau de molho em água, na geladeira por pelo menos 24 horas.
Refogue o alho e a cebola no azeite. Junte o bacalhau desfiado, o cheiro verde e se necessário coloque mais sal e pimenta. Deixe esfriar. Vire numa tigela e misture 1 ovo, as batatas espremidas e farinha de rosca até dar o ponto de enrolar (não precisa ser muita).
Faça bolinhas com a massa, para facilitar polvilhe um pouquinho nas mãos. Frite em óleo quente até dourar.

A receita original foi tirada do site Mais Você, com o sugestivo nome de Bolinho de Bacalhau Sem Erro. E não é que ficou ótimo??

Pão de queijo especial

pão de queijo mineiroTodos dizem que o “meu” pão de queijo é o melhor do mundo, será?  Só sei que faz sucesso até com os exigentes franceses… Na verdade a receita aprendi com minha mãe (mineira), que aprendeu com minha avó e que sofreu algumas adaptações, principalmente quanto às medidas que antigamente eram feitas em “prato fundo” ou “pelo vinco”. Vamos a ela:

Ingredientes

1 quilo de polvilho azedo de boa qualidade
1 copo (americano) de água
1 colher (sopa) de sal (pode parecer muito mas pode acreditar!)
1 copo de óleo de cozinha
1 copo de leite
4 ovos grandes
300 grs. de queijo de Minas curado (na falta vai o que mais se parecer com ele, vale até misturar um pouco de parmesão) ralado no ralo de buracos (o que faz criar casquinhas ao assar)
Orégano ou linguiça calabresa para misturar na massa (opcional)

Modo de preparo:

Numa bacia grande (de cozinha, rs…) coloque o polvilho e o sal dissolvido no copo d água. Mexa com as mãos para quebrar os grumos. Enquanto isso coloque para ferver o óleo e o leite e depois despeje sobre o polvilho, para escaldar. Deixe esfriar um pouco e acrescente os demais ingredientes, sempre mexendo com a mão (agora é melhor uma só). Se quiser variar os sabores separe um pouco da massa e acrescente a linguiça picadinha ou o orégano. Limpe as mãos com uma colher para facilitar enrolar os pães. Faça bolinhas da massa, com as mãos umedecidas em um pouquinho de óleo e coloque num tabuleiro. Leve ao forno pré aquecido (+ para quente) a aproximadamente 200 graus, até crescer e ficar moreninho.

Dica: como o é melhor comê-lo quentinho então sugiro que congele a massa restante e faça várias fornadas, para isso enrole como mostrado acima (umedecendo as mãos no óleo) e coloque os pães num tabuleiro que caiba no congelador, podem ficar bem juntinhos. Leve no freezer de um dia para outro, no dia seguinte passe-os para um saquinho próprio para congelados retirando o ar. Para assá-los basta aquecer bem o forno e coloca-los ainda congelados.

Financier

Image

Com mania de assistir programas culinários e ficar salivando em frente à TV resolvi colocar em prática esta receita, principalmente porque eu ainda não conhecia a iguaria, apesar das inúmeras viagens à Paris…. (que falha!).  A receita foi copiada do site “Bem simples”, que aliás tem coisas bem boas, porém quando colocam as receitas sempre omitem uma dica mostrada no programa ao vivo. Nesta, o “pulo do gato”, é derreter a manteiga até ela ficar bem moreninha, o que dá um sabor todo especial. Acho que da próxima vez também vou colocar um pouquinho de essência de amêndoas. Vamos a ela:

Ingredientes:

  • 2 xícaras de açúcar de confeiteiro
  • 4 colheres (sopa) de farinha de amêndoas
  • 4 colheres (sopa) de farinha de trigo,
  • 8 claras,
  • 120 g  de manteiga derretida (bem morena)
  • 1 colher de (café) de fermento em pó
  • 1 colher (café) de extrato de baunilha,
  • Framboesa (ou morangos, minha opção)

Modo de preparar:
Coloque em uma tigela os produtos secos: a farinha de trigo, a farinha de amêndoas, o açúcar de confeiteiro e o fermento em pó.
Adicione as claras (não precisa bater, apenas dar uma rápida mexida)
Derreta a manteiga e coloque sobre a preparação anterior. Misture bem sem trabalhar muito a massa.
Com a ajuda de um saco de confeiteiro descartável (ou uma concha)  encha as forminhas dos financiers previamente untadas e enfarinhadas. (usei forminhas de empadas)
Coloque as framboesas ou fatias de morango por cima da massa. Leve ao forno a 180 C por 15 minutos (dependendo do forno pode chegar a 30 minutos). Quando estiver dourado nos cantos. Retire das formas e sirva com açúcar de confeiteiro por cima.